Ford News – Shelby GT350 é barulhento e veloz como um trovão

Teste de protótipo não deixa dúvidas: vem aí o melhor Mustang de todos os tempos


Shelby GT350 2011 tem 532 cavalos sob o capô, só esperando para serem soltos

Nós andamos em muitos Mustangs. Na verdade, devido ao aparentemente inesgotável número de versoes, é capaz que testemos mais Mustangs do que qualquer outro carro. O fato é que nós testamos um monte deles. E adivinhe só? O Shelby GT350 é rápido pra caramba. Pode-se até dizer que ele é historicamente rápido.

Nós vamos falar do quanto ele é rápido logo mais, mas vamos primeiro discutir o que constitui o novo GT350. Ele é baseado no Mustang GT 2011, aquele com o V8 5.0 litros 32 válvulas que perdeu uma corrida no circuito de Willow Springs por menos de um décimo de segundo para um BMW M3. Essa é uma senhora plataforma inicial para um Shelby. Adicione um supercharger Whipple (US$ 7 mil ou cerca de R$ 11,2 mil), escapamento Borla, amortecedores ajustáveis Ford Racing, camber plates ajustáveis, um respeitoso conjunto de freios Baer de seis pistões na frente (US$ 3.995, cerca de R$ 6.400) e discos de freio Eradispeed atrás, e você terá uma bela receita para quebrar tudo no melhor estilo Shelby.

Há também diversos apêndices aerodinâmicos, uma enorme entrada de ar sobre o capô, um spoiler traseiro, lanternas traseiras renovadas, coberturas sobre as janelas traseiras e alguns emblemas GT350 exclusivos. Sem falar nas gigantescas listras longitudinais. Já no interior, a Shelby jogou couro azul sobre o couro preto e bordou a assinatura de seu fundador Carroll nos apoios de cabeça. Ah, a assinatura também está em uma placa com o número do chassis na frente da alavanca do câmbio. Mas veja bem: o carro que testamos era um veículo de pré-produção. O carro final tem painéis diferentes, melhor integrados, além de um ou outro emblema diferente.


GT350 foi montado com a base to Shelby GT 2011, mas conseguiu ser mais feloz que o GT500 nos testes

Sabe qual é a minha parte absolutamente favorita do novo Shelby GT350? O som. A Shelby construiu o anti-Lexus. O que quer que fosse o contrário de silencioso, o GT350 agora é a nova definição. O barulho vem de todos os lados. Vento, pneu, escapamento, supercharger e motor, tudo tem seu papel, como músicos em uma banda – algo como músicos escandinavos de black metal em uma sessão de improviso regada a álcool. Todos esses elementos sônicos se combinam para formar uma música pesada, harmoniosa e trovejante.

Em aceleração forte, você poderá jurar que está sentado no V8 Interceptor de “Mad Max” quando o blower é acionado. A melodia é um misto de uivo e rugido raivoso e agressivo. Tudo culpa do escapamento Borla e do supercharger Whipple da Ford Racing. A desaceleração (ou simplesmente levantar o pé) soa ainda melhor quando o supercharger Whipple produz sons como a Millennium Falcon saindo do hiperespaço e os canos de escape centralizados imitam uma área de testes de granadas de mão. É como uma rajada. Acontece um “Rá-tá-tá-tá-tá…” toda vez que você tira o pé. Eu simplesmente adoro.


Motor V8 5.0 litros de 32 válvulas foi reconfigurado e terminou com 114 cv extras

O bólido chega aos 100 km/h ligeiro como um supercarro, precisando de apenas 3,7 segundos. Um pouco de comparação cai bem. O Mustang GT 2011 de 418 cv leva 4,4 segundos para chegar aos 100 km/h, o que é impressionante, mas completamente derrubado pelo Shelby.

O GT500 2011 projetado pela SVT (apesar de rotulado como Shelby) com seu parrudo V8 5,4 litros de 558 cv precisa de 4,2 segundos para chegar aos 100 km/h. Então obviamente o GT350 simplesmente tem mais potência, certo? Errado! De acordo com a Shelby, o GT350 produz “apenas” 532 cavalos. Será o peso? Bem, o GT500 emagrecido pesa 1.728 kg, ao passo que o GT350 pesa 1.717 – uma diferença de apenas 11 kg, ou uns 15 litros de gasolina. A verdade é que o GT350 simplesmente usa melhor a potência. Precisa de outro exemplo? O Shelby Super Snake produz 760 cv, mas precisa de 4,1 segundos para atingir 100 km/h.

O mesmo é verdade para o quarto de milha. O Mustang 5.0 a percorre em 12,7 segundos a 179,6 km/h. Nossa melhor passagem no brutal Shelby GT500 foi 12,5 segundos a 185 km/h. No GT350? Você está sentado? 12 segundos cravados a 195,3 km/h. Claro, o Super Snake que citamos também percorre os 402,25 m em 12 segundos cravados, mas registra apenas 193,2 km/h. Isso quer dizer que o Shelby GT350 2011 é o Mustang de produção mais rápido que já testamos. Fim de papo. Bem, fim de papo para o Mustang. O Corvette Z06 Carbon 2011 também precisa de 3,7 segundos para chegar aos 100 km/h, embora o carro 270 kg mais leve vença o quarto de milha em 11,6 segundos a 198,9 km/h. Ainda assim, esse Shelby brinca como gente grande.


Novo Mustrang cravou o zero a 100 km/h em apenas 3,7 segundos

Isso ainda não é o fim da história. O GT350 2011 vem em três sabores: Quente (naturalmente aspirado), Extra-apimentado (a cobra peçonhenta que testamos) e Insanidade Total, que chega ao comprador com um supercharger opcional para 633 cv. Além disso, esse Shelby vem com amortecedores Ford Racing simplesmente fabulosos, fazendo dele o Mustang com um dos melhores, se não o melhor, comportamento que já dirigimos. Os números do GT350 confirmam essa promessa. A aceleração lateral média é 1,05 g e o novo Shelby percorreu nossa pista em formato de oito em 24,1 segundos com uma aceleração lateral média de 0,86 g.

Então, aqui está um rápido resumo: o Shelby
GT350 2011 é o Mustang mais rápido, mais sonoro e de melhor comportamento nos quais já pusemos as mãos.

Fonte: Revista Auto Esporte

Anúncios
Esse post foi publicado em Ford News e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s